Cister no Douro

A chegada de Cister ao Douro no século XII viria a marcar em definitivo a História de um território hoje reconhecido internacionalmente. Património da Humanidade, deve a sua classificação ao trabalho das sucessivas comunidades de cistercienses que transformaram o Vale do Douro num espaço de cultura e saber, modificando a paisagem e o território. Foi este legado que “Cister no Douro” levou em 2014 à estação da Casa da Música do Metro do Porto, numa experiência de som e imagem, que depois chegou ao Museu de Lamego (31 de janeiro a 26 de abril de 2015) e ao Museu do Vinho de Alcobaça (18 de abril a 5 de junho de 2016). Pelo caminho, a distinção com o “Prémio Reynaldo dos Santos”, prémio atribuído à melhor exposição temporária em museus portugueses com o apoio de uma Liga de Amigos.

DATAS: 10 de outubro de 2014 a 09 de novembro de 2014  

LOCAL: Estação de Metro do Porto da Casa da Música

HORÁRIO: Segunda a domingo | Horário de funcionamento do Metro do Porto

+ INFO: ENTRADA LIVRE

MATERIAL COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO

 

 

 

 

 

ORGANIZAÇÃO

 

 

APOIO | Exposição no Metro do Porto

 

 

 

APOIO | Exposição no Museu de Lamego

 

 

APOIO | Exposição no Museu do Vinho de Alcobaça

 

 

 

FINANCIAMENTO