Misericórdia à lupa…

Quatro investigadores viajaram até ao século XVI, para a partir daí fazerem um percurso pela história da Misericórdia de Lamego. Este domingo, 23 de junho, foi dia de ver “à lupa” a exposição “Misericórdia de Lamego. 1519-2019”.

Alexandra Falcão, Helena Lemos, Beatriz Albuquerque e Nuno Resende partilham com o público o resultado das suas investigações em torno de arte, artistas e mecenas, numa exposição cujo ponto de partida é a primitiva Igreja da Misericórdia desaparecida na sequência de um incêndio em 1911, que consumiu grande parte da rua onde estava instalada, a Rua de Almacave.