Recolha de material educativo e escolar para Moçambique até 20 de abril

A Direção Regional de Cultura do Norte associa-se à campanha nacional que a Associação Portuguesa de Museologia – APOM está a promover junto de todos os Museus, Palácios e Monumentos portugueses, para recolha de material educativo e escolar para doação às crianças moçambicanas afetadas pelo ciclone Idai. O Museu de Lamego passa assim a ser um ponto de recolha de cadernos, livros, canetas, lápis, marcadores, entre outros. Seja solidário!

A Direção Regional de Cultura do Norte manifesta a sua total solidariedade para com o povo moçambicano e disponibiliza os museus e monumentos sob sua gestão como pontos de recolha do material.

Pode ainda fazer as suas doações junto dos seguintes locais: Sede da Direção Regional de Cultura do Norte (Vila Real), Casa Allen (Porto), Mosteiro da Serra do Pilar (Vila Nova de Gaia), Mosteiro de Tibães (Braga), Museu do Abade de Baçal (Bragança), Museu de Alberto Sampaio (Guimarães), Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa (Braga), Museu dos Biscainhos (Braga), Museu da Terra de Miranda (Miranda do Douro) e Paço dos Duques (Guimarães).

O material recebido será, posteriormente, entregue à Associação Portuguesa de Museologia que se encarregará do respetivo envio para Moçambique, nomeadamente para a cidade da Beira, a mais atingida pela passagem do Ciclone Idai.